Páginas

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Deixou de SERVIR, mas continua a PROTEGER!

Texto escrito por Tiago Gomes*


Hoje, junto com vários colegas, passei por uma situação que não pretendia enfrentar tão cedo. 

O enterro de um colega. 

A perda de alguém que desfruta dos mesmos ideais, mesmos anseios e mesma motivação que eu, me fez pensar sobre a importância da profissão que escolhi.

A rotina da atividade policial faz com que acabemos, não raras vezes, nos esquecendo da importância da atenção e do cuidado quando estamos tanto trabalhando, quanto de folga.

Hoje, tenho certeza que muitos, assim como eu, pensaram no que deve ter acontecido para que o colega tenha tido a reação que teve. 

Nas nossas mentes recriou-se o cenário e muitos se imaginaram na mesma posição que ele ocupava quando do início da tragédia. 

Alguns pensaram talvez no mesmo comportamento, com um final diferente, outros em outro comportamento mas com o mesmo final; e até o mesmo comportamento com o mesmo final. 

Mas esses pensamentos não passam de pensamentos, imaginação, mas que a qualquer momento, podem tornar-se realidade.

Por isso, peço a todos cuidado e atenção, pois não desejo passar por essa situação tão cedo.

Por fim, deixo aqui a minha homenagem ao Michel, que nos acompanhou nesses 2 anos na busca pelo mesmo objetivo final, e que teve seu sonho interrompido por aquilo que nos dispomos a combater. 

Que ele agora deixe de nos SERVIR e passe exclusivamente a nos PROTEGER nessa nossa caminhada.





*Tiago Gomes é Inspetor de Polícia e está lotado na 2ª DHPP de Porto Alegre.

6 comentários:

  1. Infelizmente, mais um guerreiro se foi, mas que Deus o receba de braços abertos.

    Este ano faço a prova pra PMERJ, tenho uma vontade de ser policial desde pequeno, esse ano vou seguir meu sonho, confesso que muitas das vezes penso em desistir, senti um medo de morrer, mas logo esse pensamento passa, ainda mais quando vejo o mal espalhado pela cidade, sinto que preciso fazer algo para mudar esta situação. Não sei onde vou parar com esse meu pensamento e coração, mas se cair, terei certeza que fiz o meu papel, como o Michel.

    *Descobri o seu blog hoje amigo, e já li muitos posts, continue assim irmão, tem me ajudado e ajudado muitas pessoas, que Deus te proteja na caminhada.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Força nessa hora Luiz.... Abraços e fique com Deus !!!!

    ResponderExcluir
  3. Tenho lutado para ingressar na pc e é muito triste ver uma pessoa que também lutou para tal ter sua vida acabada dessa maneira. Me emocionei de modo que lágrimas vieram aos meus olhos. Se houver inferno, tomara que o vagabundo morto já esteja lá e que o vagabundo vivo logo junte-se ao seu cupincha.

    ResponderExcluir